Por FIlipe Garrett, para o TechTudo
10/02/2022 07h10 Atualizado 15/02/2022
Dell Precision 5560 e 5760 são notebooks da fabricante com telas de 15 e 17 polegadas. Os modelos estão entre os poucos no mercado brasileiro atual que podem ser qualificados como verdadeiras alternativas aos MacBooks Pro da Apple. O detalhe é que o poderio da linha Precision tem um preço, e ele é alto: você não leva um pra casa por menos de R$ 24.926 no momento.
Com design moderno e elegante, tela 4K+, processadores que chegam aos Xeon de 11ª geração da Intel e placas dedicadas da linha Quadro da Nvidia, os portáteis garantem hardware bem poderoso para profissionais de áreas que dependem de computadores rápidos para fluxos de trabalho mais exigentes.
? Monitor Apple de R$ 45 mil não deve ser usado em temperaturas muito altas
Notebooks Dell Precision têm design moderno e ultrafino, apesar do hardware poderoso — Foto: Divulgação/Dell

Design

O design dos Precision é o mesmo da linha XPS atual: você pode encará-los como um XPS 13 maior, em 15 e 17 polegadas (o que não é por acaso: os XPS de 15 e 17 polegadas, que não são comercializados no Brasil, usam o mesmo design).
Nesse sentido, valem os mesmos elogios feitos ao aspecto do XPS de tela pequenina: o perfil é esguio, o acabamento é premium numa mescla de alumínio com fibra de carbono e a tela exibe aspecto 16:10 com bordas tão reduzidas que o Precision de 17 polegadas teria basicamente o tamanho de um notebook de 15 polegadas.
As duas workstation da Dell são, no entanto, um pouco conservadoras em interfaces físicas, até mesmo perdendo para o MacBook Pro atual: no modelo de 15 polegadas, são três USB-C com Thunderbolt 4 (e uma delas precisa ser usada como porta de energia para recarregar o notebook). Também há saída de fones de ouvido e leitor de cartões de memória.
O Precision 5760 segue o mesmo padrão, com a vantagem de trazer uma USB-C com Thunderbolt 4 a mais. Nas redes sem fio, há Bluetooth de quinta geração e Wi-Fi 6, e a Dell entrega os dois modelos com um adaptador de USB-C para USB-A e HDMI na caixa.

Desempenho

No que diz respeito à performance, os Precision da Dell prometem estar entre os notebooks mais poderosos do mercado brasileiro. Tanto o 5560 como o 5570 são equipados com CPUs da Intel de 11ª geração das mesmas linhas usadas em laptops gamer — incluindo um Intel Xeon na configuração top de linha do modelo de 17 polegadas.
Laptops Precision têm Intel de notebook gamer e opções de placa Quadro da Nvidia — Foto: Divulgação/Dell
Além disso, os computadores rodam com memória RAM de alta velocidade, inclusive com fator de correção de erros, e oferecem opções com placas de vídeo Nvidia Quadro. No armazenamento, como você deve esperar, as máquinas têm opções com SSDs NVMe de última geração.
O perfil de workstation dos Precision fica bem evidente em dois pontos: o primeiro é a oferta de placas gráficas dedicadas da linha Quadro da Nvidia. Diferente das GeForce, as Quadro são mais focadas em trabalho de criação. Editores de vídeo, profissionais que trabalham com modelagem em 3D, designers e áreas envolvidas em simulações complexas acabam se beneficiando do foco mais voltado à produtividade do que ao entretenimento nessas GPUs.
Embora não sejam placas de vídeo com enfoque em games, as Quadro usadas pela Dell são bem avançadas. As RTX A2000 e RTX A3000 dos Precision têm perfil de GPU intermediária, inclusive com ray tracing e DLSS. Complementa o cardápio a Quadro T1200, placa mais simples entre as opções dedicadas disponíveis.
Outro fator de destaque são as memórias RAM do tipo ECC: a tecnologia atua em nível de hardware para mitigar erros em dados escritos na memória, proporcionando assim maior estabilidade e performance ao sistema. Tipicamente associada a servidores e workstations nos padrões até o DDR4, o ECC é uma das novidades que deve se popularizar com o DDR5.

Tela

Telas 16:10 dão ar sofisticado e moderno aos notebooks da Dell — Foto: Divulgação/Dell
Os dois Precision podem ser encomendados junto à Dell em duas faixas de resolução: nas configurações mais em conta, a tela tem resolução Full HD+ contada em 1920 x 1200 pixels, aplicando o aspecto de tela de 16:20 encontrado no XPS 13 e em todos os MacBooks. Quem decidir investir mais tem a opção de display 4K+ com 3840 x 2400 pixels, também no mesmo 16:10, mas com oferta de interações por toque.
As telas da linha Precision são as mesmas dos XPS 15 e 17 vendidos no exterior e são muito elogiadas pela precisão de cor e bom nível de brilho. O porém dos dois displays LCDs é o contraste mais baixo – sobretudo na comparação com o Mini LED dos MacBooks mais recentes — além da taxa de atualização, fixa em 60 Hz.

Bateria

Os dois modelos da linha Precision chegam com bateria de grande capacidade, mas é preciso considerar que o hardware poderoso acaba representando maior consumo. Quem montar o notebook sem placa dedicada da Nvidia leva uma unidade com um componente de 56 Wh (Watts-hora) de capacidade, tanto na versão de 15 como na de 17 polegadas.
A opção por uma das Quadro oferecidas pela Nvidia aumenta de forma compulsória a capacidade de bateria nas configurações do produto: para o Precision 5560 de 15 polegadas, o componente fica em 87 Wh, enquanto o irmão 5760 vai equipado com uma unidade de 97 Wh.

Recursos

Precision 17 5760 tem câmera de vapor para controle mais agressivo da temperatura — Foto: Divulgação/Dell
Workstations são computadores para trabalho pesado, e isso acaba se refletindo no nível de recursos adicionais agregados ao produto. A Dell pode oferecer serviços de pós-venda e suporte mais completos nesses computadores, que também podem ser configurados de fábrica com software mais adequado a ambientes profissionais, como versões Pro do Windows, recurso vPro de virtualização ativado de fábrica e distros Linux.
Já do ponto de vista de usabilidade, os dois Precision trazem webcam compatível com as tecnologias de autenticação por reconhecimento facial da Microsoft. Além disso, há leitor de impressões digitais no botão liga/desliga, além de touchpad grande com superfície de vidro, em possível inspiração naquilo que a Apple faz há anos em seus MacBooks.
Um trunfo significativo dos dois Precision sobre qualquer MacBook da última década são os upgrades: nos dois laptops, é possível trocar as memórias RAM, assim como instalar até dois SSDs ao mesmo tempo.

Preço

Como notebooks, descontada a "excentricidade" das Quadro, os Precision estão entre os melhores do mercado brasileiro na atualidade e estão entre os poucos portáteis do mercado nacional que podem de fato ser indicados como alternativas ao MacBook Pro. O porém é que isso tem um custo — e ele é alto.
A versão de 15 polegadas mais básica, com Core i5 11500H, sem placa gráfica dedicada, 16 GB de RAM, SSD de 256 GB e tela Full HD+, é listada no site oficial da marca saindo por R$ 24.926 no momento. Subir o Precision 15 para um Core i7 11850H, com tela 4K+ e Quadro RTX A2000, leva o preço do computador a R$ 32.113.
A progressão de valores — assim como opções de componentes — é parecida para o Precision de 17 polegadas. Para a edição de "entrada" do modelo, são R$ 26.931 no site da Dell. Já uma edição similar ao modelo mais equipado que cotamos para a edição de tela menor ficaria em R$ 37.711 no momento.
Dell Precision 5560 e Dell Precision 5760
Com informações de Dell (1 e 2)
? Qual notebook Dell comprar? Veja dicas no Fórum TechTudo

source

Previous articleBON PLAN : Le célèbre iPhone 11 d’Apple reconditionné est moins cher de 144€ – Lesmobiles
Next articleApple considered an Edge-to-Edge display for the iPod Nano a decade before releasing the iPhone X – gizmochina

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here